"Que te devolvam a alma homem do nosso tempo. Pede isso a Deus ou às coisas que acreditas: à terra, às águas, à noite desmedida. Uiva se quiseres, ao teu próprio ventre se é ele quem comanda a tua vida, não importa... Pede à mulher, àquela que foi noiva, à que se fez amiga. Abre a tua boca, ulula, pede à chuva. Ruge como se tivesses no peito uma enorme ferida, escancara a tua boca, regouga: A ALMA. A ALMA DE VOLTA." (Hilda Hilst)

29/10/2010

Sarau cultural e lançamento do meu livro - obrigada a todos que compartilharam sua luz e seus talentos conosco!


É sempre um enorme prazer estar com pessoas tão queridas nos saraus em meu consultório... Nesse, que aconteceu no dia 23/10, dançamos, cantamos, e nos encantamos com histórias contadas, dramatizadas, vivenciadas...
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
.
"Quando a comunicação se enfraquece ou se corrompe perco-me profundamente eu próprio: todas as loucuras são uma falha nas relações com os outros - o alter torna-se alienus, torno-me também estranho a mim próprio, alienado. Quase se poderia dizer que só existo na medida em que existo para o outros, ou numa frase-limite: ser é amar." (MOUNIER)


No próximo, que será antes do Natal, colocaremos aos pés da Árvore da Vida, representada pela árvore de Natal, sonhos de um mundo mais humano e compatrtilhado, espalhando sementes-projetos de mãos agricultoras compromissadas com a Vida em toda a sua dignidade e beleza, como as cerâmicas produzidas pelo belo projeto Ser Âmica, coordenado por Elainy, ex-aluna da Pós-graduação em Arteterapia da UNIP, que trouxe para esse sarau, e trará para o próximo, o trabalho de jovens que remodelam e recriam suas vidas através da Arteterapia... http://www.seramica.blogspot.com/
.
"O caminho para nos tornarmos humanos consiste em aprender a reconhecer os contornos de Deus nas prodigiosas modulações da face do homem." (CAMPBELL)
"O viajante, é verdade. já se acha a caminho; sente-se em casa entre os grandes animais de metamorfose e as palavras animadas das florestas de estanho. Entende o que diz o murmúrio da fonte que corre três passos à frente na floresta espessa, palavras transbordantes de raios de aurora, em que a memória se estende até as primeiras idades das coisas. Com lentidão, ele se aproxima das falésias metálicas de fraturas brilhantes. Entretanto, já circundado pela alegria, sua marcha o conduz `encruzilhada transparente onde ocorre o encontro do mundo interior com o interior do mundo." (EICHEMBERG)



























"A criação exige poesia...
E a poesia, tão somente, de um prelúdio de silêncio..."
(FERREIRA SANTOS)

3 comentários:

Elenrose Paesante disse...

Conheci você no último Congresso de arteterapia, comprei seu primeiro livro e estou adorando...mas encantada mesmo fiquei com seu trabalho, com seu espaço de atendimento, um sonho!! sucesso!!
Elen

marcia disse...

OLÁ PRÔ PATRICIA, VC FOI MINHA ORIENTADORA NO TCC/2003,FACULDADE SÃO CAMILO.VC É MARAVILHOSA,TODO SE TRABALHO É EXECUTADO COM MUITO AMOR,E DEIXA MARCAS POSITIVAS EM NOSSAS VIDAS...PARABÉNS,MUITA LUZ SEMPRE!!!QUE PENA NÃO PUDE PARTICIPAR DO ULTIMI SARAU...
BEIJO NO CORAÇÃO
MARCIA BARROS

Patrícia Pinna Bernardo disse...

Obrigada Elen! Obrigada pelas suas belas palavras sobre o meu trabalho Márcia! Que bom que todas nós compartilhamos do sonho de um mundo onde o amor e a beleza nos indiquem a trilha que nos leva a recriar o céu na terra!!! Beijos mil!